BFA ou BFL? O importante é que temos uma Liga Brasileira de FA!

Hoje foi feito o anúncio oficial da liga brasileira de Futebol Americano, a BFA – Brasil Futebol Americano!
O primeiro anúncio foi feito com o nome de BFL (Brazilian Football League), seguindo o padrão das demais ligas de futebol americano pelo mundo. Depois de muitas reclamações, devido ao nome em inglês e reivindicações dos direitos da marca, mencionando até a Rede Globo como uma das donas, os organizadores anunciaram o verdadeiro nome, BFA, alegando ser uma estratégia de marketing para causar exatamente esse alvoroço nas redes sociais, e parece que deu certo.
Esse anúncio foi feito no bate papo que o pessoal do Salão Oval (se você não conhece o trabalho que eles fazem cobrindo o futebol americano no Brasil, vale a pena), promoveu via Youtube (link aqui) com os organizadores da liga: Bruno Guilherme (Presidente), Marcelo Bruno (Gestão) e Bruno Takahashi (Marketing).
Não está tudo 100% definido ainda, mas do que foi falado nesse bate papo, podemos destacar os seguintes pontos:
O campeonato acontecerá de Julho à Setembro, e contará com a participação de 31 equipes;Reuniram as equipes que atualmente disputam o mais alto nível de futebol americano no país, que foram divididas em quatro conferências de acordo com a geografia do Brasil. As conferências são: Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. Segundo eles, a região Norte não entrará nesse primeiro momento por questões de estrutura de times, investimento e logística;

O calendário será limitado a um determinado período para a fase regular, e datas pré-estabelecidas para os playoffs nacionais. O regulamento também será generalizado para as quatro conferências, destacando as peculiaridades de cada uma;Serão três conferências com 8 times e uma com 7. Os campeões de cada região fazem os playoffs nacionais. Acesso e queda para a Liga Nacional permanecem;A idéia inicial é que os jogos não concorram diretamente com jogos da NFL, nem com os jogos do futebol convencional brasileiro, mas ainda não há um calendário definido;As transmissões ainda estão em fase de negociação;A Liga Nacional permanece sob tutela da CBFA e o caminho para chegar à BFA, a primeira divisão nacional;Haverá padronização na pintura de campos, equipes de apoio e logística dos estádios;Os lucros do campeonato serão divididos em: 50% para os times, 10% para a CBFA e 40% os investidores.
Independente se você gostou ou não do nome, do logo, ou se foi a favor da estratégia de marketing ou não, o importante agora é apoiar essa iniciativa tão legal para o crescimento do futebol americano no Brasil, porque sabemos o potencial que nosso país tem, e cabe a nós fazer com que esse crescimento seja constante e consistente!
Sigam a BFA nas redes sociais:
Site: (em breve) http://brasilfa.com/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: