Derek Carr aceitou ganhar menos para manter colegas de equipe

Derek Carr, quarterback do Oakland Raiders, assinou no último mês um acordo milionário com a equipe, que o tornou o jogador mais bem pago da história da liga.
Mas você sabia que esse valor poderia ter sido maior ainda, se Carr não tivesse deixado dinheiro na mesa para renovar com outros membros da equipe?
Pois é, parece que, diferente de muitos jogadores, Carr entende que é necessário ter uma equipe estruturada para que ele continue a ter um bom desempenho em campo, e com isso, ganhar cada vez mais campeonatos, mais fama e consequentemente, mais dinheiro.
O acordo de US$125 milhões por 5 anos (média de US$25 milhões ao ano), poderia ter sido maior. O irmão do jogador, David Carr, disse à NFL Network que Carr aceitou menos dinheiro para que o time pudesse renovar com o guard, Gabe Jackson.
Jackson assinou com a equipe US$40 milhões por 4 anos.
“O que eu mais lembro, durante as negociações, foi que durante todo o tempo, eu falava: como manteremos os outros jogadores?”, disse Derek Carr para o PFT. “…esse acordo é bom para Gabe? É bom para Khalil (Mack)? É bom para o Amari (Cooper?)"
“(Raiders GM Reggie McKenzie) pode lhe dizer que essas foram as coisas que eu disse centenas de vezes. Eu não queria prejudicar nosso time, essa é a última coisa que eu gostaria de fazer. Então, felizmente nós não fizemos. Essa era a última coisa que eu queria e por isso eu estive tão envolvido”
Veja os detalhes do contrato e quanto Carr vai faturar por ano, além do cap hit do jogador na equipe:
Bônus de assinatura de US $ 12,5 milhões, pago no prazo de 15 dias após a assinatura do contrato.Salário base totalmente garantido em 2017 de US $ 5 milhões.

Bônus de roster totalmente garantido de US $ 7,5 milhões, ganho em 30 de junho de 2017 e pagável em ou cerca de 21 de setembro de 2017.Salário base de 2018 de US $ 7,4 milhões, garantido por lesões apenas na assinatura e totalmente garantido no terceiro dia do ano da liga de 2018 em março.Bônus de roster de $ 15 milhões totalmente garantido no terceiro dia do ano 2018 e pago no prazo de 15 dias.Salário base de 2019 de US $ 19,9 milhões, garantido por lesão apenas na assinatura e totalmente garantido no terceiro dia do período de waiver de 2019 em fevereiro.Salário mínimo de 2020 de US $ 18,9 milhões, dos quais $ 2,9 milhões são garantidos por lesão na assinatura. Os US $ 2,9 milhões ficam totalmente garantidos no terceiro dia do período de waiver de 2020 em fevereiro.2021 salário base de US $ 19.525 milhões, não garantidos.2022 salário base de $ 19.877 milhões, não garantidos.Bônus de treinos anuais de US $ 100.000 para 2018 até 2022, com base na participação no programa da offseason de pelo menos 85%.
Photo by AJ Sisco/UPI

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: