Review MNF – Vikings 20 x 17 Bears

O Minnesota Vikings foi até Chicago enfrentar os Bears no Soldier Field na estreia do quarterback mais esperado da temporada, Mitchell Trubisky.
O jovem quarterback logo mostrou que havia uma nova dinâmica na linha ofensiva dos Bears, com mais mobilidade dentro e fora do pocket e até arriscando mais corridas do que os fãs de Chicago estão acostumados a ver. Por outro lado, a sua própria inexperiência aliada a um elenco carente de recebedores, fez com que a sua estreia tivesse tantos pontos altos quanto pontos baixos ao longo da partida.
O técnico Mike Zimmer já havia antecipado que o quarterback Sam Bradford jogaria pelos Vikings caso se sentisse em condições de jogo e assim aconteceu. Sua atuação inefetiva no entanto mostrou que sua condição física ainda não estava 100%. Foram muitos passes longos que não resultaram em praticamente nenhuma primeira descida e um safety sofrido ainda no final do primeiro quarto imposto pelo linebacker Leonard Floyd, abrindo o placar para o time da casa por 2 a 0. A atuação do quarterback terminou com apenas 11 passes e 36 jardas quando saiu do campo mancando, sendo substituído por Case Keenum quando faltavam apenas 25 segundos para o final do primeiro tempo.
O jogo inicialmente marcado por muitos punts e diversas faltas cometidas pelos dois times, parecia fadado ao fracasso, mas Keenum deu um novo ânimo à partida e principalmente a seu time. O jogo estava 3 x 2 no início do 3o quarto quando o quarterback conseguiu uma conexão de 45 jardas com o tight end Kyle Rudolph marcando o primeiro touchdown que foi comemorado de forma bastante divertida com seus companheiros de time simulando o jogo “duck, duck goose”.
O time da casa não ficou para trás e o punter Pat O’Donnell lançou mão de um incrível fake punt lançando para o running back Benny Cunningham que correu 38 jardas marcando um touchdown para os Bears que,seguido do extra-point, deixou o placar em 10 x 9 faltando pouco mais de 5 minutos para o final da partida. Mal tiveram tempo de comemorar, já que o Minnesota respondeu rapidamente marcando mais um touchdown de 58 jardas com Jerick McKinnon, sendo a corrida mais longa da franquia nesta temporada. Com o placar desfavorável em 17 x 9, o Chicago Bears ainda conseguiu contar com a sorte quando um passe de Trubisky de 20 jardas para Touchdown foi quase interceptado pelo safety Andrew Sendejo mas acabou nas mãos seguras de Zach Miller. E foi com uma conversão de dois pontos que os Bears empataram o jogo ao repetir uma trick play do trainning camp que envolveu Jordan Howard, Zach Miller e voltou para que o próprio Trubisky entrasse tranquilamente na endzone com a bola.
Com a posse da bola, Keenum ainda teve a calma e a inteligência para queimar o tempo restante de jogo visando à pontuar apenas nos últimos segundos. Por pouco sua estratégia não falhou, quando o Chicago recebeu a posse da bola em sua linha de 10 jardas. O drive que poderia dar a vitória a Chicago, no entanto, foi interrompido pela primeira interceptação da carreira do Trubisky, e acabou por possibilitar um field goal de apenas 26 jardas que desempatou o jogo para o time visitante.
O resultado jogo confirmou o favoritismo do Minnesota Vikings a despeito da estreia do jovem Mitchell Trubisky e da fracassada tentativa de superação de Sam Bradford. As duas defesas foram superiores aos ataques nos dois primeiro quarto o que fez o torcedor achar que seria uma partida morna. Pelos Bears, Akiem Hicks e Leonard Floyd fizeram uma de suas melhores partidas, somando quatro sacks (um deles convertido em safety sobre o apático Bradford) sobre o rival de divisão. Já pelos Vikings, sua defesa mais consistente no conjunto conseguiu inibir o jogo corrido de Chicago e ainda forçar dois turnovers, um fumble e uma interceptação que foi primordial para garantir a vitória no final do terceiro quarto. Apesar do resultado, o otimismo parece ter aterrisado em Chicago, que vislumbrou novas possibilidades para sua ofensiva e agora acredita que está mais perto do que nunca de seu tão desejado franchise quarteback.
No próximo domingo, os Vikings recebem os Packers e os Bears visitam os Ravens.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: