Cairo Santos e sua emocionante história

Durante a coleta de informações sobre a vida do Kicker do Chiefs, Cairo Fernandes Santos, preparando esse texto, me deparei com uma triste coincidência (guardadas suas devidas proporções pessoais) com a tragédia recentemente vivida por nós brasileiros.
Pensei muito antes de continuar com a pesquisa.
Acredito que seja um sentimento geral quando falo que, para quem trabalha com esporte, o acontecimento com o Chapecoense foi algo que nos afetou muito pelo fato de que entendemos como é difícil para um time evoluir de ano em ano e chegar onde chegou, e ver em um acontecimento desse, tudo se acabar (e nem me refiro só ao sonho de chegar em uma final Sul Americana, me refiro a vida deles que se acabou repentinamente).
O foco desse texto não é de forma alguma tirar proveito de uma tragédia, pelo contrário, o objetivo será mostrar um pouco da história do Cairo, destacando sua carreira, seus números, e sua persistência em sempre dar o seu melhor. Mas me arrisco a levar você, leitor, a refletir sobre situações em que nos tiram as forças, e fazer delas uma experiência que nos faz crescer e evoluir (você vai já entender).
“Mantenha o foco! Esqueça um pouco o que passou. A alegria do seu pai é ver você chutando e acertando. Ele ta torcendo por você…”
D. Magali Santos (Mãe de Cairo)
Nome: Cairo Fernandes Santos
Idade: 25 anos (12.11.91)
Time: Kansas City Chiefs
Nacionalidade: Brasil, Limeira – SP
Seu sonho era ser jogador de futebol como é de se esperar de toda criança brasileira, tendo um chute muito forte desde menino (tanto que sua irmã comenta no documentário feito pelo Chiefs) que a bola sempre parava no quintal do vizinho e Cairo a usava de gandula toda vez.